"Ser voz de Deus no deserto das vidas"
Flickr Twitter Facebook Youtube
A COMUNIDADE / Quem Somos
 
 
QUEM SOMOS

A Comunidade Instrumento de Deus nasceu a partir de um ministério de música, o ministério Instrumento de Deus, que atuava na Paróquia Nossa Senhora da Candelária.
Em 1998, a partir de um retiro em Guaratinguetá, os membros do ministério tiveram uma experiência marcante com Deus, e guiados pelo Espírito Santo, perceberam a necessidade de uma vivência mais séria, surgindo um grande amor a Jesus Eucarístico.

Além do desejo de anunciar o evangelho por meio da música, esses jovens, que já não eram somente músicos, passaram a se reunir em casas de famílias para rezarem suas vidas e missão. Destes momentos de oração, nasceu o desejo de um compromisso maior na missão de ser Igreja. Passaram a fazer pregações em retiros de formações e conduzir diversos eventos de evangelização junto à Paróquia e à RCC. Em meio a tantos encontros, pregações, formações, foi-se percebendo o chamado de Deus para o grupo, ao mesmo tempo em que viam a necessidade das pessoas que se aproximavam do ministério.

Em 2002, após um retiro dado aos jovens da Candelária que se preparavam para receberem o Sacramento da Confirmação (Crisma), ao fazerem a oração da noite sentiram a inspiração para ler o Evangelho de João 1,19-34, o qual narra o testemunho de João Batista. A partir desta leitura, todos começaram a trabalhar dentro da realidade de se prepararem para se encontrar com o Cordeiro e apontá-lo para as pessoas que encontrassem pelo caminho.

Sob a orientação dos padres Dehonianos, começaram a fazer uma leitura clara do que precisava acontecer. Passaram, assim, a cogitar a possibilidade do nascimento para a Igreja e para a sociedade da Comunidade de Aliança e de Vida Instrumento de Deus, que teria o objetivo de ajudar as pessoas a resgatarem sua essência.

No ano de 2007, concretizou-se aquilo que já era sonho de Deus e dessas pessoas que caminhavam juntas: a fundação da Comunidade Instrumento de Deus. Alugou-se uma casa para a Comunidade, que seria o local em que as pessoas poderiam sentir a presença de Deus e, assim, reencontrarem o sentido das suas vidas.